xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple

dc.contributor.authorSilva, Allan Kaio-
dc.contributor.authorSantos, Mirleide Cordeiro dos-
dc.contributor.authorMello, Wyller Alencar de-
dc.contributor.authorSousa, Rita Catarina Medeiros de-
dc.date.accessioned2018-02-07T17:04:19Z-
dc.date.available2018-02-07T17:04:19Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationSILVA, Allan Kaio et al. Ocorrência de bocavírus humano associado às infecções respiratórias agudas em crianças de 0 a 2 anos de idade na Cidade de Belém, Pará, Brasil. Revista Pan-Amazônica de Saúde, v. 1, n. 1, p. 87-92, mar. 2010.pt_BR
dc.identifier.issn2176-6223-
dc.identifier.urihttp://patua.iec.gov.br//handle/iec/2932-
dc.description.abstractINTRODUÇÃO: As Infecções Respiratórias Agudas (IRA) permanecem como um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo. Essas infecções são associadas a diversos patógenos sendo os vírus os prevalentes. Recentemente, foi descrito na literatura um novo parvovírus denominado Bocavírus Humano (HBoV). Investigações ainda são escassas na associação deste novo agente a casos de IRA na população em geral. Neste contexto, o presente artigo relata a pesquisa do HBoV em um segmento populacional da Amazônia. MATERIAIS E MÉTODOS: Neste estudo, foram analisadas amostras de aspirado nasofaríngeo de pacientes com diagnóstico de IRA atendidos ambulatorialmente na Cidade de Belém, Pará, Brasil. A pesquisa, com a identificação laboratorial do vírus, foi realizada mediante o emprego da técnica de reação em cadeia mediada pela polimerase, utilizando pares de oligonucleotídeos específicos, seguida da análise filogenética das sequências nucleotídicas encontradas. RESULTADOS: Das 397 amostras clínicas analisadas, encontrou-se positividade em amostras de três pacientes, sendo um destes em coinfecção com o vírus respiratório sincicial. DISCUSSÃO: O percentual de positividade obtido na investigação se revelou inferior ao descrito na literatura. Entretanto, vale ressaltar que os estudos já publicados envolveram pacientes hospitalizados, diferentemente do grupo populacional presentemente abordado. As análises filogenéticas realizadas evidenciaram expressiva similaridade dos vírus encontrados com as cepas virais já descritas. CONCLUSÃO: A presente pesquisa se caracteriza como o primeiro relato associando o HBoV à IRA na Região Amazônica.pt_BR
dc.description.abstractINTRODUCTION: Acute Respiratory Infections (ARI) are one of the main public health problems in the world. Most of these infections are associated with several pathogens, and viruses are the most prevalent agents. Recently, a new parvovirus named Human Bocavirus (HBoV) has been described. Investigations on the relationship between this new agent and cases of ARI in individuals are still scarce. Herein, we review a study of HBoV in a population segment in the Amazon. MATERIALS AND METHODS: In this study, samples of nasopharyngeal aspirates from patients with ARI treated in Health Care Units in Belém, Brazil, were analyzed. Identification of the virus was carried out by polymerase chain reaction using pairs of specific oligonucleotides, followed by phylogenetic analysis of the nucleotide sequences obtained. RESULTS: Of the 397 samples studied, three specimens were HBoV-positive, and one presented as a co-infection with the respiratory syncytial virus. DISCUSSION: The positivity rate obtained in this investigation was lower than that described in other studies; however, previous studies involved hospitalized patients, which constitute a different population group. The phylogenetic analyses revealed a significant similarity between the virus strains found and those previously described. CONCLUSION: This is the first report associating HBoV with ARI in the Amazon.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherInstituto Evandro Chagaspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleOcorrência de bocavírus humano associado às infecções respiratórias agudas em crianças de 0 a 2 anos de idade na Cidade de Belém, Pará, Brasilpt_BR
dc.title.alternativeOcurrence of Human Bocavirus associated with acute respiratory infections in children up to 2 years old in the City of Belém, Pará State, Brazilpt_BR
dc.title.alternativeLa aparición de Bocavirus Humano asociado con las infecciones respiratorias agudas en niños de 0 a 2 años de edad en Belém (Estado de Pará, Brasil)pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.subject.decsPrimaryInfecções por Parvoviridae / diagnósticopt_BR
dc.subject.decsPrimaryBocaviruspt_BR
dc.subject.decsPrimaryBocavirus Humanopt_BR
dc.subject.decsPrimaryInfecções Respiratórias / diagnósticopt_BR
dc.subject.decsPrimaryInfecções por Parvoviridae / virologiapt_BR
dc.subject.decsPrimaryParvoviruspt_BR
dc.subject.decsPrimarySaúde Públicapt_BR
dc.subject.decsPrimaryRegião Amazônica (BR)pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal do Pará. Núcleo de Medicina Tropical. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationMinistério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Instituto Evandro Chagas. Ananindeua, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationMinistério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Instituto Evandro Chagas. Ananindeua, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal do Pará. Núcleo de Medicina Tropical. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.identifier.doi10.5123/S2176-62232010000100013-


xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-files-head

Thumbnail

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.head_parent_collections

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple