xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple

dc.contributor.authorFreitas, Ronaldo Barros de-
dc.contributor.authorMonteiro, Talita Antônia Furtado-
dc.contributor.authorLinhares, Alexandre da Costa-
dc.date.accessioned2018-08-21T17:06:38Z-
dc.date.available2018-08-21T17:06:38Z-
dc.date.issued2000-
dc.identifier.citationFREITAS, Ronaldo Barros de; MONTEIRO, Talita Antônia Furtado; LINHARES, Alexandre da Costa. Outbreaks of human-herpes virus 6 (HHV-6) infection in day-care centers in Belém, Pará, Brazil. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 42, n. 6, p. 305-311, Nov.-Dec. 2000.pt_BR
dc.identifier.issn0036-4665-
dc.identifier.urihttp://patua.iec.gov.br//handle/iec/3285-
dc.description.abstractA total of 730 children aged less than 7 years, attending 8 day-care centers (DCCs) in Belém, Brazil were followed-up from January to December 1997 to investigate the occurrence of human-herpes virus 6 (HHV-6) infection in these institutional settings. Between October and December 1997 there have been outbreaks of a febrile- and -exanthematous disease, affecting at least 15-20 per cent of children in each of the DCCs. Both serum- and- plasma samples were obtained from 401 (55 per cent) of the 730 participating children for the detection of HHV-6 antibodies by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA), and viral DNA amplification through the nested-PCR. Recent HHV-6 infection was diagnosed in 63.8 per cent (256/401) of them, as defined by the presence of both IgM and IgGspecific antibodies (IgM+/IgG+); of these, 114 (44.5 per cent) were symptomatic and 142 (55.5 per cent) had no symptoms (p = 0.03). A subgroup of 123 (30.7 per cent) children were found to be IgM-/IgG+, whereas the remaining 22 (5.5 per cent) children had neither IgM nor IgG HHV-6- antibodies (IgM-/IgG-). Of the 118 children reacting strongly IgM-positive (≥ 30 PANBIO units), 26 (22.0 per cent) were found to harbour the HHV-6 DNA, as demonstrated by nested-PCR. Taken the ELISA-IgM- and- nested PCR-positive results together, HHV-6 infection was shown to have occurred in 5 of the 8 DCCs under follow-up. Serological evidence of recent infections by Epstein-Barr virus (EBV) and parvovirus B19 were identified in 2.0 per cent (8/401) and 1.5 per cent (6/401) of the children, respectively. Our data provide strong evidence that HHV-6 is a common cause of outbreaks of febrile/exanthematous diseases among children attending DCCs in the Belém area.pt_BR
dc.description.abstractUm total de 730 crianças com menos de 7 anos de idade, matriculadas em oito creches comunitárias (CCS) em Belém, Brasil foi acompanhado de janeiro a dezembro de 1997, com objetivo de se investigar a ocorrência de epidemias de infecção pelo HHV-6. Entre os meses de outubro e dezembro de 1997 foram registrados surtos de doença febrilû exantemática acometendo cerca de 15-20 por cento da população de cada CC. Amostras de soro e plasma foram obtidas de 401 (55,0 por cento) das 730 crianças participantes, tendo como finalidade a detecção de anticorpos para o HHV-6 e amplificação do DNA viral, utilizando-se o método imunoenzimático (ELISA) e as provas de biologia molecular: reação em cadeia da polimerase (PCR) nested PCR. Infecção recente para o HHV-6 foi diagnosticada em 63,8 por cento (256/401) das crianças, as quais, apresentaram anticorpos IgM e IgG (IgM+/IgG+). Dessas, 114 (44,5 por cento) foram sintomáticas e 142 (55,5 por cento) assintomáticas (p=0,03). Um subgrupo de 123 (30,7 por cento) menores foi identificado como previamente imune (IgM- /IgG+) e 22 (5,5 por cento) crianças não apresentaram anticorpos IgM e IgG (IgM-/IgG-). O DNA do HHV-6 foi detectado em 26 (22,0 por cento) das 118 crianças selecionadas, apresentando resultados expressivos quanto à detecção de anticorpos IgM (≥ 30 unidades PANBIO). Os resultados obtidos no ELISA e nested PCR comprovaram a ocorrência de infecção recente em 5 das 8 CCs sob acompanhamento. Evidência sorológica de infecção recente para o vírus de Epstein-Barr (EBV) e arvovírus B19 foi identificada em 2,0 por cento (8/401) e 1,5 por cento (6/401) das crianças, respectivamente. Nossos resultados demonstram uma expressiva evidência de que o HHV-6 é uma causa comum de epidemias relacionadas a doença febril-exantemática em crianças matriculadas nas CCs da área urbana de Belém.pt_BR
dc.language.isoengpt_BR
dc.publisherUniversidade de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleOutbreaks of human-herpes virus 6 (HHV-6) infection in day-care centers in Belém, Pará, Brazilpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.subject.decsPrimaryHerpesvirus Humano 6pt_BR
dc.subject.decsPrimaryEnsaio de Imunoadsorção Enzimáticapt_BR
dc.subject.decsPrimaryReação em Cadeia da Polimerasept_BR
dc.subject.decsPrimarySurtos de Doençaspt_BR
dc.subject.decsPrimaryHospital Diapt_BR
dc.creator.affilliationMinistério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Instituto Evandro Chagas. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationMinistério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Instituto Evandro Chagas. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationMinistério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Instituto Evandro Chagas. Belém, PA, Brasil.pt_BR


xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-files-head

Thumbnail

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.head_parent_collections

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple