xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple

dc.contributor.authorSouza, Jessika Cardoso de-
dc.contributor.authorSantos, Emerson Glauber Abreu dos-
dc.contributor.authorSantos, Anderson Lineu Siqueira dos-
dc.contributor.authorSantos, Maria Izabel Penha de Oliveira-
dc.contributor.authorFernandes, Daiane de Souza-
dc.contributor.authorOliveira, Tatyellen Natasha da Costa-
dc.date.accessioned2019-06-19T16:20:07Z-
dc.date.available2019-06-19T16:20:07Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationSOUZA, Jessika Cardoso de et al. Qualidade de vida de idosos submetidos à quimioterapia antineoplásica atendidos em um hospital de referência oncológica. Revista Pan-Amazônica de Saúde, v. 9, n. 3, p. 47-55, set. 2018. Disponível em: http://scielo.iec.gov.br/pdf/rpas/v9n3/2176-6223-rpas-9-03-47.pdf. Acesso em: 19 jun. 2019.pt_BR
dc.identifier.issn2176-6223-
dc.identifier.urihttp://patua.iec.gov.br//handle/iec/3761-
dc.description.abstractOBJETIVOS: Avaliar a qualidade de vida (QV) dos idosos submetidos ao tratamento quimioterápico antineoplásico, assim como suas associações com fatores socioeconômicos, nível de dependência e dados clínicos. MATERIAIS E MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal com 200 idosos atendidos em um ambulatório de um hospital de referência oncológica do estado do Pará, Brasil. A QV foi avaliada pelo instrumento EORTC QLQ-C30 v3, constituído por 30 questões que abrangiam 15 domínios, divididos em três escalas distintas: escala de estado de saúde global e QV; escala funcional; e escala de sintomas. O nível de dependência foi avaliado pela Escala de Lawton e Brody, que permite analisar a capacidade do indivíduo em realizar as atividades instrumentais da vida diária, como utilizar o telefone, administrar o dinheiro, realizar compras, preparar refeições e viajar. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva, teste de qui-quadrado e ANOVA. RESULTADOS: Evidenciou-se uma QV mediana. As escalas saúde global e funcional apresentaram resultados medianos, enquanto a escala de sintomas demonstrou melhor QV em seus domínios. Identificou-se uma relação significante entre a QV dos idosos e o nível de dependência. Os domínios mais afetados foram dificuldade financeira, fadiga, desempenho de papéis e função social. CONCLUSÃO: A interferência da QV, bem como o nível de dependência dos idosos, estão associados à doença, seu tratamento e às condições de morbidade.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherMS/SVS/Instituto Evandro Chagaspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleQualidade de vida de idosos submetidos à quimioterapia antineoplásica atendidos em um hospital de referência oncológicapt_BR
dc.title.alternativeQuality of life of elderly patients submitted to antineoplastic chemotherapy treated at an oncology reference hospitalpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.subject.decsPrimaryIdosopt_BR
dc.subject.decsPrimaryQualidade de Vida / psicologiapt_BR
dc.subject.decsPrimaryAntineoplásicos / uso terapêuticopt_BR
dc.subject.decsPrimaryServiço Hospitalar de Oncologiapt_BR
dc.subject.decsPrimaryHospital Ophir Loyola (PA)pt_BR
dc.subject.decsPrimaryCentro de Alta Complexidade em Oncologia (PA)pt_BR
dc.creator.affilliationFundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna. Belém, PA, Brasil / Universidade do Estado do Pará. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal do Pará. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade do Estado do Pará. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade do Estado do Pará. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade Federal do Pará. Belém, PA, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade do Estado do Pará. Belém, PA, Brasil / Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Instituto Evandro Chagas. Ananindeua, PA, Brasil.pt_BR
dc.identifier.doi10.5123/s2176-62232018000300006-


xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-files-head

Thumbnail

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.head_parent_collections

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple