xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple

dc.contributor.advisorMascarenhas, Joana D’Arc Pereirapt_BR
dc.contributor.authorBandeira, Renato da Silvapt_BR
dc.date.accessioned2020-12-16T14:11:28Z-
dc.date.available2020-12-16T14:11:28Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationBANDEIRA, Renato da Silva.Caracterização genômica de rotavírus A com potencial zoonótico em Belém, Pará, Brasil. 85f. Tese (Doutorado em Virologia) - Instituto Evandro Chagas, Programa de Pós-Graduação em Virologia, Ananindeua, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://patua.iec.gov.br//handle/iec/4215pt_BR
dc.description.abstractOs RVA são de particular importância epidemiológica e estão dispersos em todo o mundo, causando a maioria das gastroenterites em humanos e com alta prevalência em animais. A transmissão zoonótica pode ocorrer de animais para humanos, e as vacinas previnem a infecção por RVA, contudo novas cepas surgem e a recombinação zoonótica explica a atual diversidade antigênica e genética de RVA. No estudo, selecionou-se 83 amostras fecais de origem humana positivas para RVA de Belém, Pará, Brasil. Identificou-se 17 amostras com potencial zoonótico, destas, nove foram confirmadas como potencial zoonótico. As amostras do genótipo G4P[6] apresentaram origem suína. A amostra HSE005 apresentou perfil zoonótico e as análises filogenéticas indicaram que esta amostra agrupou na linhagem II quando analisada para a maioria dos genes, exceto para VP7, VP4 e NSP4. Foi identificado padrão de rearranjo com amostras oriundas de suínos para os genes NSP4, VP3, VP4 e VP6. Uma amostra de genótipo G3P[3] evoluiu de origem canina, felina e símia e um rearranjo com a linhagem II. As cepas G12P[9] tiveram origem em quirópteros, bovinos e felinos. O presente estudo incluiu análises filodinâmicas para elucidar os padrões evolutivos desconhecidos, principalmente em relação aos genótipos G3P[3] e G12P[9]. Esses eventos evolutivos contribuem na identificação de cepas emergentes de RVA com potencial zoonótico e escape vacinal.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherMS/SVS/Instituto Evandro Chagaspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleCaracterização genômica de rotavírus A com potencial zoonótico em Belém, Pará, Brasilpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.decsPrimaryRotavirus / isolamento & purificaçãopt_BR
dc.subject.decsPrimaryInfecções por Rotavirus / veterináriapt_BR
dc.subject.decsPrimaryGastroenterite / patologiapt_BR
dc.subject.decsPrimary
dc.creator.affilliationMinistério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Instituto Evandro Chagas. Programa de Pós-Graduação em Virologia. Ananindeua, PA, Brasil.pt_BR
dc.degree.grantorInstituto Evandro Chagaspt_BR
dc.contributor.memberSousa, Maisa Silva dept_BR
dc.contributor.memberSoares, Luana da Silvapt_BR
dc.contributor.memberSilva, Luciana Damascena dapt_BR
dc.contributor.memberCasseb, Samir Mansour Moraespt_BR
dc.degree.departmentNúcleo de Ensino e Pós-Graduaçãopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Virologiapt_BR
dc.degree.date2019-05-12-
dc.degree.localAnanindeua / PApt_BR


xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-files-head

Thumbnail

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.head_parent_collections

xmlui.ArtifactBrowser.ItemViewer.show_simple